1941.036 – Foundation (The Encyclopedists)

  • Primeira aparição: Astounding Science-Fiction, Maio de 1942.
  • Título em Português: Fundação (Os Enciclopedistas).
  • Publicação no Brasil: Enquanto conto, nunca foi publicada. Porém (ver comentários abaixo) aparece no romance Fundação (Aleph, 2019).
  • Comentários: Pois bem. Chegamos em um ponto onde a História da Ficção-Científica começará a ser reescrita. Desejando produzir mais um conto histórico-futurista, Asimov foi visitar seu mentor e editor da revista Astounding Science-Fiction, J. Campbell. Após debaterem algumas ideias, Asimov saiu de lá com as linhas gerais do que seria não apenas um conto, mas uma série de histórias a respeito da queda do Primeiro Império Galáctico e a ascensão do Segundo, inspirado na ascensão e queda do império romano. O primeiro conto a ser escrito e publicado quase que imediatamente foi este aqui. Nos oito anos seguintes, Asimov teria escrito todas as 8 histórias que compõem a Trilogia da Fundação (que depois seria expandida, mas isso não é assunto para agora).

Resenha (atualizada em outubro de 2020): Elogiar o trabalho de Asimov com a trilogia original da Fundação é chover no molhado. Só para dar uma ideia, a obra ganhou em 1966 o Hugo (equivalente ao Oscar do cinema) de “Melhor Série de Todos os Tempos”, desbancando O Senhor dos Anéis, de Tolkien.

Ao meu ver, há duas formas de analisar este conto. A primeira é enquanto uma entidade separada e a segunda é enquanto parte de um todo maior chamado Fundação.

Ao sair do escritório de Campbell, Asimov tinha uma ingrata missão. Fincar a pedra fundamental de uma saga que deveria se estender por várias edições da Astounding. Se a primeira história fosse um porre, ninguém se interessaria em ler as subsequentes. Por outro lado, para que pudesse contar essa história que avança milhares e milhares de anos sem precisar ficar voltando atrás com flashbacks ou coisa do tipo, teria que construir uma base bem sólida, com colunas de sustentação que carregasse nas costas tudo o que viesse depois. Incrivelmente, o relativamente inexperiente Asimov consegue ser bem sucedido nas duas frentes.

No entanto, ao compilar o que viria a ser o romance Fundação, Asimov, já um pouco mais calejado, viu a oportunidade de melhorar o que já era bom. Livrou-se da apressada introdução que originalmente abria o conto e escreveu um capítulo inteiro que nos apresenta e nos insere magistralmente num mundo e num tempo muito, mas muito distante do nosso. É uma história excelente, mas iremos discuti-la mais a fundo quando chegar a época em que Asimov a escreveu em nossa cronologia de resenhas.

O fato é que, ao começarmos a ler Os Enciclopedistas com essa bagagem de informações, a experiência é, desde a primeira linha, muito melhor. Tudo o que é dito ressoa com o que testemunhamos antes, e o conto ganha novas cores, funcionando ainda melhor no contexto do livro, em vez de isolado.

Asimov fez pequenas alterações aqui e ali, e o resultado é que o conto realmente parece que foi escrito após a primeira parte, como consequência dela, e não ao contrário. A única coisa que pode saltar um pouco aos olhos – mas somente para o leitor mais assíduo do Bom Doutor – é a diferença de estilo. Mas mesmo essa característica foi minimizada pela revisão que ele fez no texto.

Na minha humilde opinião, se você está me acompanhando nessa leitura cronológica, sugiro deixar o purismo um pouco de lado e, neste momento, pegar o livro Fundação e ler desde o início (lembrando que a primeira parte foi escrita mais tarde em nossa linha do tempo) até chegar ao fim deste conto. Ler o original isoladamente só é interessante de um ponto de vista histórico ou para uma comparação estilística.

Ranking dos Contos até a publicação de 1941.036 – Foundation (The Encyclopedists). Para lista das as obras em ordem cronológica, clique aqui.

  • Asimov Verde: Os melhores, imperdíveis!
  • 1938.003 – Marooned off Vesta
  • 1939.014 – Robbie
  • 1940.019 – Homo Sol
  • 1940.021 – The Imaginary
  • 1940.025 – Reason
  • 1941.028 – Liar!
  • 1941.031 – Super-Neutron
  • 1941.032 – Nightfall
  • 1941.036 – Foundation (The Encyclopedists)

  • Asimov Amarelo: Medianos, interessantes.
  • 1938.002 – The Callistan Menace
  • 1938.005 – Ring Around the Sun
  • 1938.006 – The Weapon
  • 1938.010 – Trends (Ad Astra)
  • 1939.015 – Half-Breed
  • 1940.023 – Heredity
  • 1941.027 – The Little Man on the Subway
  • 1941.030 – The Hazing
  • 1941.033 – Not Final!
  • 1941.035 – Robot AL-76 Goes Astray
  • Asimov Vermelho: só para fãs completistas.
  • 1938.009 – The Magnificent Possession
  • 1939.011 – The Weapon Too Dreadful to Use
  • 1939.013 – Black Friar of the Flame
  • 1939.016 – The Secret Sense
  • 1940.020 – Half-Breeds on Venus
  • 1940.024 – History
  • 1940.026 – Christmas on Ganymede
  • 1941.034 – Legal Rites
  • Asimov Azul: não são passíveis de resenha.
  • 1934.000 – Little Brothers
  • 1938.001 – Cosmic Corkscrew
  • 1938.004 – This Irrational Planet
  • 1938.007 – Paths of Destiny
  • 1938.008 – Knossos in Its Glory
  • 1939.012 – The Decline and Fall
  • 1939.017 – Life Before Birth
  • 1939.018 – The Brothers
  • 1940.022 – The Oak
  • 1941.029 – Masks

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: