1941.032 – Nightfall

  • Primeira aparição: Revista Astounding Science-Fiction, setembro de 1941, páginas 9-34.
  • Título em Português: O Cair da Noite.
  • Publicação no Brasil: O Cair da Noite (1981 – Hemus). Atenção: este livro é a coletânea de contos, não o romance.
  • Comentários: Este conto sofre de uma maldição da qual é muito difícil escapar: a maldição da alta expectativa. Se você é visitante frequente deste blog, significa que acompanha a carreira do Asimov de perto, o que muito provavelmente significa também que já sabe de antemão que este não é somente considerado o melhor conto de ficção científica de Asimov — é considerado o melhor conto de ficção científica de todos os tempos! Mas, sinceramente… Claro que tenho que concordar que o conto é muito bom (melhor que a versão em romance), mas ao mesmo tempo temos que manter uma certa perspectiva aqui. O próprio Asimov muitas vezes reclamou (naquele jeito jocoso dele): como é possível que ele não possa ter escrito nada melhor depois de um conto que escreveu no comecinho da carreira!

Bem, eis aqui o que acho:

Em primeiro lugar, a premissa é sensacional. Mas, mais sensacional do que a premissa, é ver como Asimov consegue se colocar no lugar daquelas pessoas e imaginar toda uma perspectiva, um ponto de vista sobre a vida, sobre a história, sobre o universo, desenvolvido por seres humanos que não entendiam o conceito de noite – e eram apresentados à inevitabilidade do ciclo da vida, só que um ciclo muito mais longo e, portanto, muito mais traumático. É um exercício maravilhoso no que se refere a entender que o mundo nada mais é do que um conjunto de impressões que é exclusivo de um grupo que compartilha determinadas crenças, culturas e comportamentos. Nos ajuda a entender não somente que tudo é relativo, mas também quão profunda é a importância do universo ao nosso redor no que se refere a moldar quem somos e nossa relação com o nosso planeta e com os outros.

Tendo dito isso, concluo o seguinte:

SIM, um dos melhores contos de Asimov.

NÃO, não acho o melhor conto de ficção científica de todos os tempos.

NÃO, tampouco acho que é o melhor conto de Asimov. Particularmente sou muito fã de todas as histórias envolvendo robôs e aquelas, para mim, são imbatíveis.

SIM, mereceu todos os prêmios que recebeu na época e que continuou recebendo por um tempo.

SIM, Asimov verde, leitura obrigatória para todos os fãs de Ficção Científica, asimovianos ou não!

Ranking dos Contos até a publicação de 1941.032 – Nightfall

  • 1938.003 – Marooned off Vesta
  • 1939.014 – Robbie
  • 1940.019 – Homo Sol
  • 1940.021 – The Imaginary
  • 1940.025 – Reason
  • 1941.028 – Liar!
  • 1941.031 – Super-Neutron
  • 1941.032 – Nightfall

Asimov Verde: Os melhores, imperdíveis!

  • 1938.002 – The Callistan Menace
  • 1938.005 – Ring Around the Sun
  • 1938.006 – The Weapon
  • 1938.010 – Trends (Ad Astra)
  • 1939.015 – Half-Breed
  • 1940.023 – Heredity
  • 1941.027 – The Little Man on the Subway
  • 1941.030 – The Hazing

Asimov Amarelo: Medianos, interessantes.

  • 1938.009 – The Magnificent Possession
  • 1939.011 – The Weapon Too Dreadful to Use
  • 1939.013 – Black Friar of the Flame
  • 1939.016 – The Secret Sense
  • 1940.020 – Half-Breeds on Venus
  • 1940.024 – History
  • 1940.026 – Christmas on Ganymede

Asimov Vermelho: Só para os fãs mais completistas.

  • 1934.000 – Little Brothers
  • 1938.001 – Cosmic Corkscrew
  • 1938.004 – This Irrational Planet
  • 1938.007 – Paths of Destiny
  • 1938.008 – Knossos in Its Glory
  • 1939.012 – The Decline and Fall
  • 1939.017 – Life Before Birth
  • 1939.018 – The Brothers
  • 1940.022 – The Oak
  • 1941.029 – Masks

Asimov Azul: Contos perdidos, textos alternativos, exercícios literários para os quais seria impossível – ou injusto – fazer qualquer crítica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: