1941.031 – Super-Neutron

  • Primeira aparição: Revista Astonishing Stories, setembro de 1941, páginas 36 a 43.
  • Título em Português: Supernêutron.
  • Publicação no Brasil: Foi publicada no livro O Futuro Começou (1978 – Hemus)
  • Comentários: A premissa deste conto é muito boa e, originalmente, seria parte de uma série – mas Asimov não deu sequência, o que é realmente uma pena.

Muito engenhoso, esse é um dos contos mais “nerds” de Asimov, no sentido que toda a ação se passa interiamente nas mentes dos personagens, que mergulham mais e mais fundo no conceito apresentado, destrinchando cada vez mais o assunto até não restar nada. Falando assim pode parecer um tédio, mas é exatamente o oposto – a tensão é crescente e eu não consegui parar de ler até chegar no final, que não decepciona e ainda nos deixa com a pulga atrás da orelha. Para mim, Asimov VERDE, sem dúvida!

Ranking dos Contos até a publicação de 1941.031 – Super-Neutron

  • 1938.003 – Marooned off Vesta
  • 1939.014 – Robbie
  • 1940.019 – Homo Sol
  • 1940.021 – The Imaginary
  • 1940.025 – Reason
  • 1941.028 – Liar!
  • 1941.031 – Super-Neutron

Asimov Verde: Os melhores, imperdíveis!

  • 1938.002 – The Callistan Menace
  • 1938.005 – Ring Around the Sun
  • 1938.006 – The Weapon
  • 1938.010 – Trends (Ad Astra)
  • 1939.015 – Half-Breed
  • 1940.023 – Heredity
  • 1941.027 – The Little Man on the Subway
  • 1941.030 – The Hazing

Asimov Amarelo: Medianos, interessantes.

  • 1938.009 – The Magnificent Possession
  • 1939.011 – The Weapon Too Dreadful to Use
  • 1939.013 – Black Friar of the Flame
  • 1939.016 – The Secret Sense
  • 1940.020 – Half-Breeds on Venus
  • 1940.024 – History
  • 1940.026 – Christmas on Ganymede

Asimov Vermelho: Só para os fãs mais completistas.

  • 1934.000 – Little Brothers
  • 1938.001 – Cosmic Corkscrew
  • 1938.004 – This Irrational Planet
  • 1938.007 – Paths of Destiny
  • 1938.008 – Knossos in Its Glory
  • 1939.012 – The Decline and Fall
  • 1939.017 – Life Before Birth
  • 1939.018 – The Brothers
  • 1940.022 – The Oak
  • 1941.029 – Masks

Asimov Azul: Contos perdidos, textos alternativos, exercícios literários para os quais seria impossível – ou injusto – fazer qualquer crítica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: